Coisas difíceis de serem lidas

Atualizado: 24 de Ago de 2020

Tem coisas que pensamos que não merecemos ouvir, ler, ver, sentir. E toda essa questão gera um problema de vitimismo muito grande, pois estamos cada dia mais correndo da verdade e do nosso propósito de vida.

Há coisas nesta realidade difíceis de aceitar, mas precisamos, é nossa obrigação como seres encarnados aqui neste Planeta. Se você está lendo esse texto, é porque chegou o seu momento de despertar.


O vitimismo é pura ilusão do ego, você escolheu e escolhe a cada dia a sua realidade sim!

Há milhares e milhares de espíritos querendo reencarnar no Planeta Terra para terem uma nova oportunidade, e vou te dizer que não é tão fácil assim conseguir uma vaguinha aqui não, mas você conseguiu e está aqui tendo a sua oportunidade de mudança. E mesmo assim várias pessoas estão desperdiçando essa oportunidade se apegando ao sofrimento, ao vitimismo, a espera do corpo definhar e o espírito se libertar. Mas seu espírito continua o mesmo, e quando ele perceber que deixou de viver, ele pede para passar pelos mesmos desafios ou desafios mais árduos.


Existe algo que fazemos antes de reencarnar, que se chama pacto. Fazemos pactos com pessoas que farão parte da nossa vida como seres encarnados, fazemos pactos com pessoas que serão nossos filhos, mãe, pai, irmãos. E muitos desses pactos são pesados.

E aí você me pergunta: Por que eu faria um pacto? Por que eu escolheria ter uma vida com tanta dor?

A resposta é: quando estamos no mundo espiritual vemos tudo com maior clareza, acessamos a nossa verdade sem o véu. Entendemos qual é o propósito de tudo e queremos nos melhorar para atingir a iluminação, e o nosso desejo é evoluir o mais rápido possível. Queremos fazer o bem para alguém que fizemos mal em outra vida, queremos quitar os débitos de outras existências onde não tínhamos tanta consciência das nossa ações.

Mas quando encarnamos vem o véu do esquecimento e te faz focar nessa vida. Imagina se você lembrasse que em outra vida você matou seu pai/mãe/filho? Você não iria saber conviver com isso. Então vem a misericórdia de Deus e nos joga o véu.

Eu sinto muito ter que dizer isso, mas você escolheu ter tal doença, escolheu enterrar alguém muito querido, escolheu ser quem você é, escolheu ter a sua família. Você aceitou os seus desafios, mas não se lembra.


Nós somos convidados a todo momento a evoluir através do amor, mas a nossa realidade ainda não permite isso, são poucas pessoas que conseguem evoluir somente através do amor estando neste Planeta de tantas provas. Por isso vem a dor para nos empurrar a caminho da evolução. A caminho do reencontro com a nossa essência, a nossa verdade.

Não é fácil, e ninguém disse que seria, mas o vitimismo e o apego torna tudo mais difícil e com mais sofrimento, pois a dor ela existe, mas o sofrimento é opcional.

Quando você conseguir tirar aprendizados com a sua dor, vai ver quantas coisas boas começarão a aparecer em sua vida.


Precisamos acordar e voltar a viver. Desafios existem e continuarão existindo, o que muda é a forma como enxergarmos esses momentos turbulentos.


Mas a grande verdade é que não somos vítimas do destino. E reconhecer isso é libertador e liberta a dor.


Gabriela Colen

Instagram: @gabscolen



1,060 visualizações0 comentário
  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook

© 2021 | Gabi Colen. Todos os Direitos Reservados.